Meus filhos têm uma pediatra!

Pessoal hoje vim aqui contar uma coisa que muitas pessoas ficam surpresas ao descobrir: Meus filhos têm uma pediatra que não sou eu!

Parece bobeira né?! Mas sempre me perguntam sobre isso e fazem cara de espanto quando digo que tem outra pessoa me ajudando com a saúde deles.

Acontece que quando a a gente vira mãe nosso lado racional fica um pouco de escanteio e a gente usa mais o coração do que a razão para pensar e resolver os problemas de nossos filhos. É claro que quando eles têm uma febre ou uma virose eu fico muito mais tranquila que as mães não pediatras, também vou confessar que acabo examinando eles de vez em quando. Mas na hora que o bicho pega tenho uma pessoa para me ajudar a raciocionar e me dar sua opinião.

Hoje a pediatra dos meninos é uma grande amiga, que inclusive divide consultório comigo (Dra Tessa), confio muito nela. Antes dela atender em consultório eu levava os meninos num grande professor meu, que eu gostava muito tembém.

É para ela que a gente corre quando a razão deixa de existir, é ela quem têm um olhar de fora para o desenvolvimento dos meus filhos.

Por exemplo, quando meu filho mais novo teve uma reação alérgica grave, que respirei fundo, pensei no diagnóstico, comecei a medicar, mas precisei ligar pra ela, queria ter certeza que eu estava fazendo tudo certo e precisava ouvir dela um: “vai pro hospital!” Foi ela quem me acalmou quando eu achava que meu filho tinha atraso de linguagem (apesar de eu saber que ele estava dentro do limite esperado em todos os testes para a idade). Porque a gente precisa de um olhar menos passional para a saúde dos nossos filhos!

IMG_7525