Férias com as crianças – Dicas de viagem (parte 1)

As férias chegaram e os passeios também, programem-se para viajar

em família

Olá mamães, estamos oficialmente no mês das férias e todos estão prontos para viajar. Lembre-se que passear com as crianças pode ser menos complicado e mais divertido do que parece, precisa apenas de planejamento. Estar com os pequenos é uma ótima oportunidade de fugir da rotina e da correria do dia a dia. Pode ser muito divertido colocar seu filho no carrinho e sair pelas ruas de uma nova cidade, passear, conhecer museus, descobrir praças, igrejas, feirinhas, parques, etc. Será uma excelente oportunidade de mostrar aos pequenos que o mundo é grande e cheio de diferenças culturais, o que auxilia bastante no desenvolvimento social deles.

Mas tudo isso é interessante quando há planejamento. Pesquisar sobre o destino, a estrutura das hospedagens, ficar bem localizado, faz bastante diferença com crianças e ter informações sobre o clima é fundamental.
Como são muitas dicas, vou dividi-las em 2 posts.
Vamos começar?

 

Para onde ir:

  • – Escolha que tipo de clima mais te agrada: frio ou calor? Em geral as crianças ficam bem em qualquer um destes climas, desde que não sejam seus extremos e/ou que estejam preparados para o clima de onde vão (roupas adequadas principalmente).
  • – Escolhido o clima, o número de opções se reduz e a partir daí pesquise sobre as cidades/ hotéis que mais te agradam, por exemplo, existe aeroporto perto? Ou se preferir ir de carro, qual a distância e como são as estradas até lá.
  • – Na escolha do hotel, decida se quer uma viagem de puro descanso físico, que ficará mais no hotel desfrutando de suas mordomias, ou se quer sair pra passear o dia todo e conhecer um novo local.

DSC00606

Meu pequeno prontinho para o frio de Nova York

Para mim que tenho 2 pequenos, prefiro as viagens de descanso total, em hotéis estilo resort (tem de todos os preços). Acho mais fácil porque nestes hotéis geralmente tem alimentação infantil que não se restringe a arroz com bife/frango e batata frita (esta opção de cardápio infantil sempre me irrita!). também acho importante ter o “cantinho do bebê/mamãe “onde posso lavar e esterilizar copos, chupetas e mamadeiras, preparar um leitinho a qualquer hora do dia, etc.

Outro item que sempre causa dúvidas é em relação às malas. Estas devem ser feitas com calma e antecedência, o ideal é separar as roupas de um modo que facilite na hora de procurar como os trajes de frio e de calor separadamente, sempre com fácil visualização.

Como fazer as malas:

 

blog malaSó pra descontrair: não leve as crianças dentro das malas!! kkk

 

Seguem algumas dicas para a hora de fazer a mala e, não se assustem as malas dos pequenos sempre são maiores, eles sujam mais as roupas:

  • – Leve duas trocas de roupa por dia (exceto casacos, que podem ser em menor quantidade);
  • – Cada peça de roupa deve combinar com mais uma em relação à cor e estilo;
  • – Procure levar peças de cores escuras, que não mostram tanto a sujeira;
  • – Ao escolher casacos e jaquetas, prefira os tecidos que possam ser lavados facilmente;
  • – Os sapatos sempre devem ser confortáveis.
  • – Na nécessaire leve os itens básicos que as crianças já estejam acostumadas a usar. Nada de testar marcas novas durante a viagem. Assim diminui o risco de alguma alergia.
  • – Além dos itens básicos como xampu e sabonete, não esqueça de levar repelente de mosquitos e protetor solar.
  • – Leve brinquedos que as crianças gostem, isso trará segurança a elas, além de salvar a viagem em alguns momentos de tédio das crianças.