Por que as atividades físicas são importantes para os nossos filhos?

Mamães e papais, hoje nós vamos falar sobre a importância das atividades físicas na infância. Mas antes de dar minhas dicas sobre isso, vou reforçar um assunto bem sério: a obesidade infantil.
Em janeiro desse ano a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) apresentaram um relatório mostrando que a obesidade e o sobrepeso infantil no Brasil vêm aumentando a ponto de ser um alerta para o governo.

Vale lembrar que uma criança acima do peso não é uma criança saudável, e que ela está propensa à algumas doenças bem sérias, como pressão alta e colesterol. Pode parecer óbvio, mas a melhor maneira de combater a obesidade é aderindo às práticas de atividades físicas. Sem contar que elas são fundamentais para o desenvolvimento físico e motor das crianças, por isso devem ser estimuladas desde cedo.

O assunto é tão sério que, no fim de junho, a SBP relembrou esse alerta e criou o Manual de Orientação de Atividades Físicas na Infância e na Adolescência, que deixa claro a importância da participação dos pediatras no estímulo dessas práticas como forma de mudar o futuro das crianças do nosso país.

O manual também fala do quanto é importante que todo exercício seja realizado por vontade própria da criança. Por isso, o incentivo dos pais é fundamental! Pais que são mais ativos nas atividades físicas têm filhos mais ativos também. Isso porque somos a principal fonte de informações de nossos pequenos.

Agora que vocês já têm esse assunto na ponta da língua, anotem essas dicas:

Bebês de até 2 anos, é muito legal começar a incentivá-los a puxar, alcançar, segurar, empurrar e mover a cabeça, encorajando eles a serem ativos. Isso sempre em um ambiente seguro e supervisionado pelos pais/responsáveis. Nessa faixa etária, o recomendado é que o tempo de tela dos nossos filhos seja zero, isso inclui televisão, tablet, celular e jogos eletrônicos.

Para as crianças de três a cinco anos – idade dos meus filhos – o ideal é que os pequenos façam pelo menos 1 hora e meia de atividades física por dia. Todos os exercícios são válidos: jogar futebol, andar de bicicleta, dançar, pular amarelinha e atividades na água, são as melhores maneiras de fazer as crianças se movimentarem.

Uma dica muito legal é aproveitar o estímulo entre irmãos nas atividades físicas. Meu menino de cinco anos, por exemplo, faz judô e circo na escola, e o meu pequeno, três aninhos, vive falando que quer fazer as mesmas coisas que o irmão. Esse é um jeitinho que pode ser usado caso um de seus filhos não goste de praticar exercícios físicos.

Para as crianças e adolescentes, de 06 a 16 anos, também é recomendado que seja feita pelo menos uma hora por dia de atividades físicas. Neste período os exercícios físicos são importantes também para manter um estilo de vida saudável e promover o aspecto emocional e social.

Gostaram das dicas? Que tal colocar em prática na vida dos seus pequenos? Depois me conta o que vocês fizeram e o que conseguiram desenvolver junto com seus filhos no final de semana ou feriado, afinal, a integração com os pais para as atividades físicas é muito importante.

E aguardem as novidades, em breve discutiremos outros assuntos importantes para os nossos pequenos.
Conto com a interação de vocês aqui e nas minhas redes sociais: @mamaepediatra, facebook.com/dicasdamamaepediatra